Ex-prefeito de Juazeiro deixou barraqueiros inadimplentes, diz colunista - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Ex-prefeito de Juazeiro deixou barraqueiros inadimplentes, diz colunista
Caso deverá ser denunciado ao Ministério Público
Viviane Bastos
TCU garante habilitação de Arnon Bezerra para as eleições municipais de 2020
Foto: Guto Vital/Agência Miséria

Os barraqueiros que atuaram no Juaforró 2022 procuraram a administração municipal para fazer um requerimento de gratuidade no evento, ocorrido entre os dias 15 e 19 de junho, no Parque de Eventos Padre Cícero. Segundo lei, os profissionais têm direito à isenção, e, inclusive, foi tema de debate e até de aprovação de uma emenda na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte.

Porém, ao procurarem a gestão do atual prefeito Glêdson Bezerra (Podemos), os profissionais descobriram que estavam com o nome na dívida ativa do Município, segundo o colunista do Jornal do Cariri, Donizete Arruda.

Ainda de acordo com o colunista, o ex-prefeito Arnon Bezerra (PTB) declarou a gratuidade nos eventos municipais, mas nunca formalizou o não pagamento. Por esse motivo, o ex-gestor precisou incluir os débitos na dívida sob pena de responder por improbidade administrativa.

Com a inadimplência, os barraqueiros ficaram impedidos de obter a isenção e o atual prefeito precisou fazer um Refis com 90% de desconto. De acordo com o colunista, o caso deverá ser denunciado ao Ministério Público.

Compartilhar
Comentar
*Publicidade