TJCE nega recurso de vereadora e mantém eleição de Mesa Diretora suspensa - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
TJCE nega recurso de vereadora e mantém eleição de Mesa Diretora suspensa
A decisão é da Desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves
Viviane Bastos
Vereadora mais jovem de Juazeiro é empossada e eleita 1ª secretária da mesa diretora
Foto: Josimar Segundo

Nesta quarta-feira (11), o Tribunal de Justiça do Ceará indeferiu o recurso da vereadora Yanny Brena (PL) contra a decisão
proferida na última sexta-feira (6) que barrou a eleição antecipada da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte.

A decisão é da relatora, Desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves. O pleito estava marcado para o dia 9 de maio, após alteração no Projeto de Emenda à Lei Orgânica, mesmo diante de decisão judicial contrária.

Chapa única

A única chapa registrada para concorrer à eleição da Mesa Diretora para o biênio 2023-2024 era encabeçada pela vereadora Yanny Brenna (PL) candidata ao cargo de presidente da Casa Legislativa. Ao que tudo indicava, a parlamentar seria eleita e assumiria a presidência em janeiro de 2023.

Volta de vereadores afastados

Em novembro do ano passado, o presidente da Câmara Municipal, vereador Darlan Lobo (MDB), o vice-presidente Capitão Vieira Neto (PTB) e o vereador Beto Primo (PSDB) foram afastados por decisão judicial pelo período de 180 dias, após a Polícia Civil deflagrar a Operação Públio Vatínio, que investiga envolvimento de parlamentares na exploração no jogo do bicho e crimes contra a administração pública.

O prazo do afastamento pedido pela justiça, se encerra neste mês, quando os vereadores devem retornar à Casa Legislativa.

Compartilhar
Comentar
*Publicidade