Ceará apresenta recuo da seca moderada no mês de dezembro  - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Ceará apresenta recuo da seca moderada no mês de dezembro 
O recuo da seca moderada (S1) nas regiões norte e no sul do estado, acontecem em decorrência de chuvas acima da média e melhora nos indicadores
Yanne Vieira
Foto: Reprodução Funceme Monitor das Secas

Os dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), divulgados no Monitor de Secas, apontam que em dezembro, o Ceará teve recuo da seca moderada no norte e sul do estado, em decorrência de chuvas acima da média.

De acordo com os dados do Monitor, na Região Nordeste, em decorrência de chuvas muito acima da média no mês de dezembro, houve uma expressiva diminuição da seca. No Ceará, houve recuo da seca moderada (S1) nas regiões norte e no sul do estado, em decorrência de chuvas acima da média e melhora nos indicadores. Os impactos são predominantemente de curto e longo prazo (CL), sendo curto prazo, últimos 3, 4 e 6 meses, e o longo prazo, últimos 12, 18 e 24 meses.

Os possíveis impactos relacionados à seca fraca, as regiões que estão entrando em seca podem apresentar veranico de curto prazo diminuindo plantio, crescimento de culturas ou pastagem e quando saindo de seca, pode-se ter alguns déficits hídricos prolongados, pastagens ou culturas não completamente recuperadas.

Na seca moderada, os possíveis impactos são alguns danos às culturas, pastagens, córregos, reservatórios ou poços com níveis baixos, faltas de água em desenvolvimento ou iminentes, além de restrições voluntárias de uso de água solicitadas.

 

Compartilhar
Comentar
*Publicidade