Cogerh vai utilizar drone para monitorar segurança de barragens no Ceará - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Cogerh vai utilizar drone para monitorar segurança de barragens no Ceará
As informações obtidas terão utilidade no desenvolvimento dos Plano de Segurança de Barragens (PSB), incluindo o Plano de Ação de Emergência (PAE)
Yanne Vieira
Foto: Reprodução Cogerh

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) anunciou nesta quarta-feira (11) o processo de aquisição de um drone multirotor equipado com sensor LIDAR (no inglês, Light Detection and Ranging), para aumentar a capacidade operacional e auxiliar no complexo monitoramento de grandes áreas e estruturas hídrica do Ceará.

Orçado em aproximadamente R$ 450 mil reais, o equipamento permite modelar qualquer terreno de forma tridimensional. Além do drone, o investimento contempla treinamento para técnicos da companhia e software específico para o processamento dos dados gerados.

De acordo com a Companhia, as informações obtidas terão utilidade no desenvolvimento dos Plano de Segurança de Barragens (PSB), incluindo o Plano de Ação de Emergência (PAE) para as barragens sob responsabilidade da Cogerh.

“A tecnologia Lidar vai nos auxiliar a obter modelos digitais de elevação sem a interferência de estruturas ou vegetações que possam existir no barramento e na região a jusante da barragem, otimizando resultados e colocando a Cogerh em um patamar de excelência”, esclareceu o geógrafo e assistente da diretoria de Operações da Cogerh, Rodrigo Cavalcante.

Ainda segundo a Companhia, as imagens geradas pelo drone vão auxiliar principalmente o setor de segurança e infraestrutura hídrica, na obtenção de informações específicas, melhor análise de condições de barragens e levantamentos aerofotogramétricos com maior rendimento e em menor tempo.

Desde 2019, a Cogerh iniciou o processo de modernização das metodologias de trabalho. O monitoramento remoto com auxílio de equipamentos de alta tecnologia é parte da política de crescimento da Companhia. Atualmente, são utilizados o drone eBee plus de asa fixa para realizar os aerolevantamentos e o modelo digital dos terrenos por meio da aerofotogrametria, kits de batimetria equipados com GPS de alta qualidade e 4 drones multirotores e um drone de asa fixa.

 

Compartilhar
Comentar
*Publicidade