Fim do mês de junho deve ser de poucas nuvens e chuvas pontuais no Ceará - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Fim do mês de junho deve ser de poucas nuvens e chuvas pontuais no Ceará
Até esta segunda-feira (27), a macrorregião do Cariri registrou o acumulado de 73.5mm
Yanne Vieira
Foto: Marciel Bezerra/ Funceme

A última semana do mês de junho deve apresentar condições para poucas nuvens e chuvas pontuais em determinadas áreas do Ceará, aponta a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos (Funceme). Até esta quarta-feira (29), o cenário não aponta precipitações na região do Cariri.

De acordo com a Funceme, a tendência é de céu variando entre poucas nuvens a sem nuvens em todas as macrorregiões, porém com precipitações fracas e passageiras nos litorais de Fortaleza e do Pecém, Maciço de Baturité, Jaguaribana e Sertão Central e Inhamuns, principalmente, entre as madrugadas, manhãs e noites.

As chuvas tendem a ocorrer em virtude de áreas de instabilidades oriundas do oceano Atlântico e do leste do Nordeste do Brasil, pela atuação do sistema de brisa, e por efeitos locais como temperatura, umidade e relevo.

Acumulados

Até esta segunda-feira (27), a macrorregião do Cariri registrou o acumulado de 73.5mm, representando um aumento de 278.6% da normal climática, que é de 19.4mm.

O município de Abaiara foi destaque na região, e registrou o maior aumento durante o período, com 73mm, o que representa um desvio de 677.9% da normal climática de 9,4mm. Já em relação ao maior volume de chuva, o destaque é a cidade de Jardim, com 139,7mm, a média normal esperada para o período é de 39,8mm, o índice representa um desvio de 250.9%.

Compartilhar
Comentar
*Publicidade