Na pandemia, entregadores trabalham mais e ganham menos: 15h por dia para faturar R$ 2 mil no mês - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade