Bolsonaro escolhe o número 38 para o partido que pretende fundar; (in)feliz coincidência? - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Cidades

João Boaventura

Profissional de comunicação com passagens pelas emissoras do cariri, sempre na produção de conteúdo jornalístico. No Site Miséria, sou produtor, redator e repórter desde 2014.

Cidades

João Boaventura

Profissional de comunicação com passagens pelas emissoras do cariri, sempre na produção de conteúdo jornalístico. No Site Miséria, sou produtor, redator e repórter desde 2014.

Bolsonaro escolhe o número 38 para o partido que pretende fundar; (in)feliz coincidência?
Foto: Reprodução

O presidente Jair Messias Bolsonaro (ainda no PSL) pretende fundar um novo partido. A sigla já tem nome e número, Aliança pelo Brasil, número 38.

O lançamento do partido aconteceu nessa quinta-feira (21) em convenção em Brasília em meio à incerteza sobre a sua viabilidade, uma vez que ainda precisa ser registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Pelo nome e número denota-se o forte apelo ao discurso de cunho religioso e à defesa do porte de armas. Aliança lembra a religiosidade e o 38 é o calibre de um dos revólveres mais conhecidos do país.

Há quem trate como uma feliz coincidência, mas como o próprio Bolsonaro disse, ainda ontem em Brasília fazer associação da escolha do número com a arma. “Tínhamos poucas opções e acho que o 38 é o mais fácil de gravar”.
Vale destacar que Segundo Bolsonaro, a defesa da posse e do porte de arma de fogo será uma das bandeiras do partido.

Compartilhar:
Comentar:
Publicidade
Governo do Estado
Publicidade