PSOL e PCdoB de Juazeiro conversam sobre aliança para as eleições deste ano - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
e-Política

Madson Vagner

Jornalista e escritor. Madson Vagner atua como diretor de jornalismo e comentarista da Rádio 100 FM e colunista político do Jornal do Cariri. É correspondente colaborador dos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo do Rio. Faz parte dos quadros de autores da Editora Novo Século.

e-Politica

Madson Vagner

Jornalista e escritor. Madson Vagner atua como diretor de jornalismo e comentarista da Rádio 100 FM e colunista político do Jornal do Cariri. É correspondente colaborador dos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo do Rio. Faz parte dos quadros de autores da Editora Novo Século.

PSOL e PCdoB de Juazeiro conversam sobre aliança para as eleições deste ano

Lideranças do PSOL e do PCdoB, Demontieux Fernandes e Aurélio Matias estão articulando uma aliança entre as siglas para as eleições deste ano em Juazeiro do Norte.

Depois que o PCdoB se descolou do PT e resolveu lançar o nome do professor e ex-secretário Aurélio Matias, acabou abrindo outras possibilidades eleitorais para este ano. Aurélio e Demontieux Fernandes, do PSOL, estão conversando e podem formar uma aliança.

Apesar de terem sentado com Ana Paula e Manoel Santana, Aurélio e Demontieux garantem que a conversa girou apenas em torno de estratégias para barrar o avanço da extrema direita em Juazeiro do Norte. Sobre a união histórica que tem com o PT, Aurélio avalia que chegou a hora do PCdoB exercer mais protagonismo eleitoral.

O partido sempre esteve à sombra dos petistas e, agora, tenta dar um grito de liberdade com a candidatura de Flávio Dino, governador do Maranhão, à presidência da República em 2022. Por isso, o PCdoB busca ser um fato novo no Ceará em 2020 e, segundo Aurélio, Juazeiro é a grande prioridade.

(Coluna Rebate, Jornal do Cariri).

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
Publicidade
Governo do Estado
Publicidade