Projeto de inovação levanta problemas para trazer soluções inovadoras, em Juazeiro - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Projeto de inovação levanta problemas para trazer soluções inovadoras, em Juazeiro
João Boaventura Neto
Projeto de inovação levanta problemas para trazer soluções inovadoras, em Juazeiro (Foto: Carlos Lourenço)

A nova etapa do Projeto Clusters Econômicos de Inovação aos clusters priorizados no Cariri: Comércio, Tecnologia da Informação e Comunicação, Infraestrutura e Logística, Turismo e Economia da Saúde são apresentados, em Juazeiro do Norte.

As reuniões aconteceram nessa quinta-feira, 20, e na quarta-feira, 19, com a presença do Secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro do Norte, Michel Araújo, e do Secretário Executivo do Comércio, Serviço e Inovação da Sedet, Júlio Cavalcante.

A partir de agora, cada cluster vai formar sub-grupos, por empresas e pesquisadores, que definirão até oito problemas a serem defendidos para uma banca especializada em formato de pitch, em um novo encontro previsto para abril.

Três desses problemas poderão ser definidos como prioritários e a expectativa é de que, até o final do ano, as devidas soluções inovadoras comecem a ser implementadas.

As soluções serão desenvolvidas por dois pesquisadores e três startups da região, remunerados por bolsas da FUNCAP. Para cada startup, serão três bolsas, totalizando nove. São esperados pesquisadores mestres e doutores.

Projeto

O Projeto Clusters Econômicos de Inovação atua na articulação e integração da iniciativa privada, academia, Sistema S e outras instituições de fomento.

O objetivo é gerar oportunidades nas regiões de planejamento do estado do Ceará, via inserção de inovações aos respectivos clusters econômicos de maior potencial e cuja formação de ensino superior e profissionalizante tenham maior oferta na região.

O Projeto foi iniciado no ano passado com 5 das 14 regiões de Planejamento do Ceará. Além do Cariri, foram priorizados clusters na Grande Fortaleza, Sertão de Sobral, Vale do Jaguaribe e no Sertão Central.

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade