Quinta-feira
27 de Julho de 2017
Publicidade
Publicidade
Quinta-feira, 27 de Julho de 2017
Publicidade
Publicidade
Fiscalização de Atos Administrativos
MPF recomenda ao Sebrae que não prorrogue contrato feito sem licitação
Ministério Público Federal no Ceará identificou irregularidades em contrato de prestação de serviços de assessoria jurídica firmado pela diretoria estadual da autarquia (Foto: Reprodução/Internet)
Em 20/03/2017 às 16:30

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Diretoria do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Ceará que não prorrogue contrato de serviços de assessoria jurídica   com a Sociedade de Advogados Cid Marconi Advocacia S/S. Firmado no ano passado e com validade até maio de 2017, o contrato apresenta uma série de irregularidades.

O MPF apurou que o Sebrae não realizou licitação para contratar a empresa, alegando inviabilidade de competição, por se tratar de um serviço a ser executado por uma empresa ou profissional de notória especialização. O procurador da República Francisco de Araújo Macedo Filho, titular do procedimento que apura o caso, considera que não ficou comprovada a singularidade do serviço contratado, que inclui atividades rotineiras da instituição.

De acordo com o procedimento, na Inexigibilidade de Licitação não há documento que comprove a notória especialização da sociedade advocatícia escolhida como fornecedor dos serviços de assessoria jurídica. Se houver necessidade do Sebrae realizar uma nova contração, o Ministério Público Federal recomendou que seja realizada licitação.

“O Sebrae deve respeitar as normas de direito público e, em especial, aos princípios constitucionais que regem a Administração Pública, o que inclui a realização de prévio certame licitatório para aquisição de bens e serviços”, afirma Macedo Filho. O procurador lembra que em caso semelhante, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou ao Conselho Federal de Engenharia (Confea) que se abstivesse de celebrar contratos de escritório de advocacia sem o devido procedimento licitatório, inclusive em razão da ausência de singularidade do objeto licitado, por se tratar de serviços jurídicos genéricos.

Entenda - Recomendações são um dos tipos de instrumentos de atuação utilizados pelo Ministério Público. Elas são enviadas a órgãos públicos para que eles cumpram determinados dispositivos constitucionais ou legais.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Ceará

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira