Sábado
17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Artilheiro

Gabigol brilha e Santos vence o lanterna Paraná

Em 10/09/2018 às 09:00
Compartilhar
Gabigol marcou os dois gols do Santos (Foto: Reprodução/ Terra)

O Santos venceu o Paraná por 2 a 0 na noite deste domingo, no Estádio Durival de Britto. Os dois gols foram marcados por Gabigol, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 12 bolas na rede.

O primeiro tempo foi ruim, mas uma substituição do técnico Cuca no intervalo surtiu efeito. Bryan Ruiz, apagado, saiu para Rodrygo entrar. E a joia participou dos dois gols ao roubar bolas na origem das jogadas.



Com a vitória, o time paulista chegou ao sétimo jogo de invencibilidade, o sexto sem sofrer gols e assumiu a 8ª colocação do Brasileirão. O Paraná se afundou na lanterna, com 16 pontos, seis a menos que o 19ª colocado, a Chapecoense.

O alvinegro ganha a primeira semana livre com Cuca antes do clássico contra o São Paulo, domingo, às 16h, na Vila Belmiro, pela 25ª rodada da competição. O Paraná visitará o Grêmio, sábado, também às 16h.

O jogo

Há pouco para falar do primeiro tempo no Estádio Durival de Britto. O Paraná pouco ficou com a bola, mas criou a única chance, em chute de fora da área de Nadson, aos 23 minutos.

O Santos teve a posse, mas o meio-campo com Yuri, Diego Pituca e Bryan Ruiz não funcionou. O time paulista finalizou apenas uma vez - e sem perigo.

O jogo só esquentou nos minutos finais da etapa inicial, quando Claudinei Oliveira aplaudiu entrada forte de Alex Santana em Bryan Ruiz. Victor Ferraz reclamou, houve uma discussão e o técnico foi expulso. Antes de deixar o campo, avisou que procuraria o lateral "lá fora".

Brilho do artilheiro

O Santos melhorou na segunda etapa com Rodrygo como meia na vaga de Bryan Ruiz. E aos seis minutos, o time paulista abriu o placar com o artilheiro do Campeonato Brasileiro.

Rodrygo roubou a bola de Jhonny Lucas, Bruno Henrique acionou Derlis González, o paraguaio viu a ultrapassagem de Victor Ferraz e o cruzamento sobrou no pé de Gabigol. O 11º no Brasileirão. Os paranistas reclamaram (com razão) de falta no início da jogada.

O Paraná adiantou as linhas, se lançou ao ataque, assustou, mas foi o Santos quem criou outra chance clara de gol aos 28 minutos. Em contra-ataque puxado por Gabigol e Rodrygo, Bruno Henrique desviou de letra no segundo pau e a bola bateu na trave.

Quatro minutos depois, o Santos matou o jogo. Rodrygo roubou mais uma bola e Derlis González fez cruzamento perfeito para Gabigol marcar o segundo dele e o 12º no Brasileirão.

Com a vantagem, o Santos só administrou o resultado diante do entregue Paraná. O time paulista mostra franca evolução com Cuca, enquanto o time tricolor está cada vez mais perto de voltar à Série B.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 0 X 2 SANTOS

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)

Data: 09 de setembro de 2018, domingo

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Heronildo S. Freitas da Silva (PA)

Cartões amarelos: PARANÁ: Renê, Alex Santana e Carlos. SANTOS: Robson Bambu, Yuri e Gabigol

Cartão vermelho: PARANÁ: Claudinei Oliveira

GOLS

Santos: Gabigol, aos 6 e 32 do 2T.

PARANÁ: Richard; Junior, Rayan, René Santos e Igor; Jhonny Lucas, Alex Santana, Caio Henrique (Maicosuel) e Nadson (Ortigoza); Carlos (Deivid) e Rafael Grampola

Técnico: Claudinei Oliveira

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Yuri (Renato), Diego Pituca e Bryan Ruiz (Rodrygo); Derlis González, Bruno Henrique e Gabigol (Copete)

Técnico: Cuca

Terra

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira