Sábado
17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Mestre Zé Matias

Lei que cria dia da Cultura Caririaçuense homenageia Mestre Zé Matias

Por Ronuery Rodrigues
Em 29/10/2016 às 09:30
Compartilhar
Dia da cultura Caririaçuense homenageia Mestre Zé Matias. (Foto: Divulgação)

O município de Caririaçu, distante de Juazeiro 28km tem a partir de agora, um dia dedicado à sua cultura local, é que a Câmara de Vereadores daquele município, aprovou ainda antes das eleições um projeto de lei que institui o Dia Municipal da Cultura Caririaçuense. O Projeto de Lei Nº 07/2016 de autoria do vereador José da Guia, foi aprovado por unanimidade pela casa e homenageia o nascimento do Mestre da Cultura, Zé Matias celebrado em 15 de setembro.

A partir da lei, espera-se que a cultura caririaçuense seja fomentada, mediante a realização de atividades e eventos culturais que resgatem o respeito pelas raízes, tradição e cultura daquele povo em suas diversas manifestações, desde o artesanato, música, os festejos típicos as manifestações mais atuais da cidade com o intuito de manter viva a história local.



De acordo com o vereador proponente, existe uma cobrança grande por parte da população do município no sentido de que os parlamentares tenham mais cuidado com história e a cultura da cidade. “ Acredito estar fazendo a minha parte plantando esta semente e que os futuros vereadores e prefeito não deixem cair no esquecimento esta data que deve virar um marco no calendário municipal”, explicou José da Guia.

“Com essa lei, os artistas poderão se organizar melhor e terão mais um espaço para apresentar seus talentos, buscando uma maior visibilidade junto a sociedade caririaçuense, podendo requerer junto ao Poder Público Municipal um maior apoio para suas manifestações artísticas”, concluiu.

A informação sobre este fato só ganhou visibilidade agora, com o fim do período eleitoral na cidade que possui uma disputa eleitoral acirradíssima.

MESTRE ZÉ MATIAS

Nascido em 15 de setembro de 1925, José Matias da Silva, ou Zé Matias, assim era carinhosamente chamado pela população local, era agricultor e Mestre de Reisado, um devoto fervoroso do Padre Cícero Romão, que fazia questão de homenagear o “Padim” no dia do seu aniversário,24 de março.

Durante muitos anos, realizou apresentações nas vaquejadas e festas do município. Com um colorido típico do reisado e das lapinhas as apresentações em público como fazia questão de afirmar proporcionavam momentos de extrema alegria e realização pessoal.

Em 2006, foi reconhecido como detentor de conhecimentos da tradição popular do estado do Ceará e recebeu da Secretaria de Cultura do Estado, o título de “Tesouro Vivo da Cultura” e de Mestre da Cultura Tradicional Popular, programa do Ministério da Cultura, de reconhecimento e apoio aos artistas que tem suas artes ou ofícios ligados à cultura imaterial, com o prêmio “Culturas Populares. ”

Acometido pelo Alzheimer, nos últimos anos, Zé Matias já não atuava como brincante. Faleceu em 16 de julho de 2015 e como sucessor, deixa o seu filho Zé Matias, que tem a incumbência de dá continuidade ao legado deixado pelo pai.

Colaborou Isac Silva

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira