Quinta-feira
24 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Quinta-feira, 24 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Menor foi apreendida

Jovem é flagrada levando 30 kg de maconha após idosos pegarem bagagem por engano na PB

Em 12/08/2017 às 15:15
Compartilhar
Droga foi recolhida quando seguia de Goiânia para João Pessoa (Foto: Tenente Anselmo/Polícia Militar da Paraíba)

Uma adolescente 16 de anos foi apreendida em flagrante suspeita de transportar aproximadamente 30 kg de maconha em um ônibus interestadual em Café do Vento, distrito de Sobrado, na zona da mata paraibana, na sexta-feira (11). Segundo a Polícia Militar, a jovem só foi flagrada porque um casal de idosos pegou por engano a bagagem que pertencia a adolescente.

De acordo com o cabo Clenilson Trindade, da 3ª Companhia de Polícia Militar de Santa Luzia, os idosos desceram do ônibus que seguia para a João Pessoa, na cidade do Junco do Seridó, na região da Borborema, levando a bagagem da adolescente por engano. Após notarem que não era deles, o casal foi até a rodoviária da cidade e informou ao funcionário da empresa responsável pelo ônibus.

“O funcionário percebeu que o material de dentro era droga e acionou a Polícia Militar local. Foi quando nós, fomos até a rodoviária, constatamos o fato e solicitamos apoio a Polícia Rodoviária Federal (PRF)”, comentou o cabo Clenilson. A PRF montou uma barreira na BR-230, no distrito de Café do Vento e conseguiu abordar o ônibus. A adolescente foi identificada a partir do número do bilhete da bagagem que estava com a droga.

Autuada em flagrante, a jovem contou que a droga seguia de Goiânia, no estado de Goiás, para João Pessoa, onde seria comercializada. A adolescente e a droga foram encaminhadas para delegacia de Santa Rita, cidade da Grande João Pessoa.

Fonte: G1 PB

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira