Domingo
25 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Pernambuco

Vídeo mostra momento em que ex-PM é morto a tiros no Centro de Santa Cruz do Capibaribe

Em 18/01/2018 às 16:50
Compartilhar
Vítima entrava em um estabelecimento comercial quando criminosos se aproximaram (Foto: Reprodução)

Na quarta-feira (17), por volta das 12h, um ex-policial militar foi morto a tiros no Centro de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco. As marcas deixadas pelo crime ocorrido em uma rua movimentada são um registro de um município que convive com a violência.

Em 2017, um total de 67 homicídios foram registrados no município. Isso dá uma média de mais de um assassinato por semana. O ex-policial Eduardo Batista de Carvalho, de 42 anos, foi a vítima mais recente da violência em Santa Cruz do Capibaribe. Ele havia saído da PM em 2012 e estava trabalhando como segurança.

Eduardo estava de folga quando foi assassinado. Testemunhas disseram que dois homens chegaram em uma moto e cometeram o crime. O que estava na garupa atirou na direção da vítima, que teria tentado reagir. Houve troca de tiros, e um cliente e uma funcionária de uma loja ficaram feridos, mas não correm risco de vida.



O segurança morreu na hora, e os criminosos fugiram. Até a publicação desta matéria, ninguém foi preso. A autoria e motivação do crime são desconhecidas.

O Governo de Pernambuco fez uma reunião na Câmara de Defesa Social de Santa Cruz do Capibaribe. O grupo formado por gestores das polícias Civil e Militar, e representantes da sociedade discutiram melhorias na área de segurança para região. O secretário executivo de Defesa Social do estado, Antônio de Pádua, afirmou que vai elaborar estratégias para melhorar a segurança no município.

Violência em Santa Cruz do Capibaribe

Nos últimos quatro anos, a quantidade de homicídios cresceu mais de 50% no município. De acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), em 2014 foram 44 assassinatos, já no ano seguinte o número subiu para 49. Em 2016 foi para 52 e em 2017 houve 67 homicídios, conforme informou a SDS-PE.

A quantidade de crimes como roubos e furtos quase triplicou desde 2014, quando foram registrados 1.292 casos, segundo a SDS-PE. No ano de 2015, esse número foi para 1.822, já em 2016 foram 2.973 ocorrências. No ano passado foram 3.022 crimes deste tipo.

Fonte: G1

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira