Terça-feira
20 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Homicídio no Cariri

Acusado de trocar tiros com a PM de Iguatu foi morto na Praça Padre Cícero em Mauriti

João Sales quando foi preso em 2014 no município de Iguatu (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Em 13/02/2018 às 08:40

Por Demontier Tenório
 

Um homicídio foi registrado na noite desta segunda-feira em Mauriti se constituindo no quarto deste ano ou 30,7% em relação aos 13 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. Por volta das 21 horas o jovem João Sales Sousa Costa, de 23 anos, que residia na Rua Rodrigues Júnior, 489 (Bairro Irajá) em Quixadá, foi executado a tiros. Ele estava saindo de uma pizzaria perto da Praça Padre Cícero no centro de Mauriti quando terminou surpreendido pelos disparos efetuados por dois homens numa moto.

João Sales respondia procedimentos por homicídio em Banabuiu e assaltos em Quixadá e Iguatu. No dia 13 de outubro de 2014 ele e seu comparsa Francisco Alexandre Rabelo de Oliveira, então com 21 anos, roubaram um malote da Loja Macavi no centro de Iguatu. Na perseguição, atiraram nas patrulhas da PM e houve revide quando Francisco saiu lesionado na perna e João terminou preso dentro de um matagal com o malote da empresa e um revólver calibre 38 tendo dois cartuchos deflagrados.

Este foi o segundo homicídio de fevereiro em Mauriti e o quarto deste ano no município. O outro deste mês aconteceu na noite do dia 4 de fevereiro às margens da CE-387 que liga o centro ao Distrito de Coité, tendo como vítima o agricultor Marcio dos Santos, de 25 anos, que residia na Vila Senhora Santana. O mesmo não tinha passagens pela polícia e foi executado a tiros.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira