Esporte
Clássico da paz
Com dois gols de Arthur, Ceará vence Ferroviário no Campeonato Cearense
Compartilhar

Arthur foi o grande destaque do jogo, com dois gols e uma assistência (Foto: Reprodução)

Em 08/03/2018 às 06:40
Publicidade

Após empatarem em suas estreias na 2ª Fase do Campeonato Cearense contra Fortaleza e Iguatu, respectivamente, Ceará e Ferroviário se enfrentaram ontem no Presidente Vargas em busca da 1ª vitória, e assim, engrenar de vez no hexagonal. E o Vovô, mesmo com um time reserva - reforçado do goleiro Éverson e do volante Richardson - fez valer sua maior qualidade técnica e de elenco, venceu o Tubarão da Barra por 3 a 0, com dois gols do atacante Arthur, todos no 1º tempo; e de Andrigo na etapa final, fechando o placar.

Com o resultado, o Alvinegro assumiu a liderança da 2ª Fase com 4 pontos após duas partidas disputadas. Para se manter líder, o Vovô torce por uma derrota do Fortaleza, que joga hoje contra o Uniclinic. Já o Ferroviário, estacionou em 1 pontos e caiu para a 5ª colocação, portanto, fora do G4.

Publicidade


Após o encontro no PV, os dois rivais voltam suas atenções para a Copa do Nordeste, competição prioritária para o Vovô, com ambos jogando no sábado. O time alvinegro recebe o Sampaio Corrêa, às 16 horas no Castelão, em jogo que vale a liderança do Grupo D. Já o Ferrão, com reduzidas chances de classificação no grupo B, com apenas 1 ponto, visita o Globo às 18h15, no estádio Manoel Barretto, em Ceara-Mirim (RN). Priorizando o Estadual, competição na qual já entra em campo na segunda-feira, 12, diante do Floresta no Presidente Vargas, os corais devem utilizar um time reserva diante dos potiguares.

Mesmo atuando com um time reserva, o Ceará não teve dificuldade em bater o Ferroviário, que por sua vez, contou com quatro desfalques consideráveis: Emerson Santos, Liniker, Janeudo e Mazinho.

Publicidade


Com um meio campo técnico e de bom toque de bola, formado por Richardson, Raul, Wescley e Reina, o Ceará envolveu o time coral nos primeiros minutos. Logo com 2 minutos, Roberto recebeu passe de Wescley e foi empurrado, mas o árbitro ignorou a penalidade.

Mais presente no campo de ataque, o Ceará chegava fácil e levou perigo ao gol coral em finalizações de Arthur, mas todas para fora.

Armado para atuar nos contra-ataques, o Ferroviário criou sua primeira chance aos 27 minutos, em chute perigoso de Sávio, que passou rente à trave de Éverson.

Foi quando aos 37 minutos, Arthur arriscou de longe e abriu o placar, contando com desvio da zaga: 1 a 0 para o Vovô.

O gol deu tranquilidade ao Ceará para controlar ainda mais o confronto e ampliar o placar aos 45 minutos: após passe preciso de Raul, Arthur, livre de marcação, marcou o segundo: 2 a 0.

Tranquilidade

Na etapa final, o Tubarão da Barra foi para o tudo ou nada, com uma mudança ofensiva de Ademir Fonseca, tirando o volante Cristiano para a entrada do meia-atacante Valdeci. Mas embora o Ferrão tenha pressionado mais, não conseguiu criar.

Com o jogo controlado, o técnico do Ceará passou a rodar seu elenco, colocando Andrigo no lugar de Reina com 16 minutos.

E com menos de dez minutos em campo, Andrigo fez o terceiro gol do Ceará, com categoria, após passe de Arthur.

A larga vantagem alvinegra desanimou o time coral e fez o Vovô diminuir o ritmo e apostar nos contra-ataques, com as entradas de Felipe Azevedo e Douglas Coutinho

Com fôlego renovado na frente, o Ceará contra-atacou bem mas desperdiçou as chances que apareceram. Mas elas não fizeram falta, pelo placar elástico construído ao longo do jogo, uma vitória merecida e tranquila do Alvinegro ontem à noite no Presidente Vargas.

Fonte: Diário do Nordeste


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acha que deve haver leis mais duras para quem agride animais no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor