Polícia
Após denúncia
Polícia encontra armas enterradas em milharal e prende suspeito de chefiar organização criminosa no interior do Ceará
Por Agência Miséria
Em 20/07/2019 às 14:00

Armas encontradas enterradas em milharal, em Itapiúna (Foto: Divulgação/PM)

Compartilhar

Dois homens foram presos em Itapiúna, cidade a 130 km de Fortaleza, um deles suspeito de chefiar uma organização criminosa que atua no município. Na propriedade onde foi preso, a polícia apreendeu armas enterradas em um milharal, além de encontrar dinheiro em espécie rasgado — indícios de que podem ter sido retirados de um caixa eletrônico, segundo a Polícia Militar.

Uma denúncia levou a polícia ao suspeito, conhecido como “Alemão”, na localidade de Cajuais de Baixo. Ele já responde por crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e roubos, e é investigado por homicídios e outros roubos registrados em Itapiúna.

Na propriedade onde ele se encontrava, a polícia encontrou seis armas de fogo enterradas em um milharal, sendo três espingardas (duas calibre .12 e uma calibre .32), dois rifles (calibre .22 e .44), um revólver (calibre .32), 560 munições (calibres 7.62, 12, .22, .28, .22, .38, .40, .44 e 380).

Também foram apreendidos 70 cartuchos de munição, três aparelhos celulares, dois rádios comunicadores e um caderno com anotação.

Ao continuar as buscas, os policiais foram até a localidade de Cachoeira, também em Itapiúna, onde um comparsa do suspeito foi preso em uma residência. O homem de 21 anos, conhecido por “Nem”, não tinha antecedentes criminais. Segundo a polícia, ele alegou que auxiliava “Alemão” nas ações criminosas.

Os dois foram encaminhados à Delegacia Regional de Baturité. Um inquérito policial em flagrante por integrar organização criminosa foi realizado, e “Alemão” também foi indiciado por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A polícia vai dar continuidade às investigações, que vão ficar a cargo da Delegacia Municipal de Aracoiaba.

Fonte: G1 CE

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Vapt-Vupt de Juazeiro completa cinco anos e já atendeu 2,3 milhões de pessoas. Como você avalia o atendimento?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor