Cariri
Homenagens póstumas
Sepultados ontem corpos de servidor público e comerciante bem conhecidos em Juazeiro
Por:
Repórter Demontier Tenório
Em 23/07/2019 às 09:15

“Tuta” e “Baiano” eram bem conhecidos em Juazeiro (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Compartilhar

Duas pessoas bastante conhecidas em Juazeiro do Norte morreram nesta segunda-feira entre os períodos da tarde e noite, sendo uma no Hospital Santo Antonio de Barbalha e a outra no interior da Bahia. Francisco Jaime Leite Barros tinha 63 anos de idade, era apelidado por “Tuta” e residia no bairro Tiradentes. Durante muito tempo foi servidor público comissionado da Prefeitura de Juazeiro e funcionário do Bamerindus.

O outro muito conhecido como “Baiano” e, também, tinha 63 anos e foi dono de um bar na Rua Santa Luzia onde morava. Este morreu em consequência de um infarto fulminante no interior da Bahia para onde tinha viajado, na semana passado, a fim de rever os seus pais. Ele faleceu por volta das 21 horas desta segunda e foi sepultado no estado onde nasceu.

Já o sepultamento de “Tuta” aconteceu no final da manhã desta terça-feira no Cemitério Parque Anjo da Guarda, onde o corpo foi velado. Ultimamente, ele vinha prestando consultorias para alguns municípios do Cariri na área de tributação. Há dois meses sofreu uma queda em casa e foi socorrido ao hospital acometido de traumatismo craniano. Ele já tinha recebido alta e voltou a cair na quinta-feira quando retornou ao hospital e morreu na tarde de segunda.

O comerciante “Baiano” residia na Rua São Jorge, 235 (São Miguel) em Juazeiro, onde detinha um depósito destinado à venda de água mineral e gás de cozinha que o próprio respondia pela entrega na sua bicicleta de carga. Era pensamento dele se desfazer do negócio e voltar a morar com os pais na Bahia.

Antes de concluir o repasse da atividade em Juazeiro, “Baiano” foi rever familiares na Bahia para onde viajou na semana passada. Na segunda, sofreu um infarto fulminante e morreu. Ele era um homem extremamente católico e participava do Terço dos Homens toda segunda-feira no Santuário de São Francisco em Juazeiro. Além disso, sempre procurava estimular os amigos a fazerem o mesmo e acabou convencendo muitos a participarem desses encontros de orações.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Vapt-Vupt de Juazeiro completa cinco anos e já atendeu 2,3 milhões de pessoas. Como você avalia o atendimento?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor