Polícia
Mortes no Cariri
Fim de semana no Cariri com dois homicídios e três mortes em acidentes
Por:
Repórter Demontier Tenório
Em 16/09/2019 às 13:45

Fim de semana no Cariri com dois homicídios e três mortes em acidentes (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Compartilhar

Caiu de seis para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste foram três vítimas fatais em consequência de acidentes de trânsito e dois homicídios esta madrugada em Potengi. Os corpos vieram de Farias Brito, Porteiras, Barro e Potengi com três mortes no domingo e outras duas na madrugada desta segunda-feira.

Aos 30 minutos da madrugada de ontem o jovem Pedro Pereira Batista, de 18 anos, que residia na Rua Caboré (Distrito de Cariutaba) em Farias Brito, morreu em consequência de queda de moto. O acidente aconteceu perto de um posto de combustíveis no centro da cidade quando sobrou numa curva e caiu. Ele pilotava uma moto Honda Fan de cor preta com placa de Crato e uma ambulância do SAMU ainda esteve no local, mas os profissionais de saúde apenas constataram o óbito.

Por volta das 7 horas o agricultor Francisco Vieira Furtado, de 53 anos, faleceu no Hospital Geral de Brejo Santo. Ele residia no Sítio Muquém na zona rural de Porteiras e foi vítima do capotamento de um carro no dia 24 de julho. O mesmo ainda passou 33 dias internados no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro e recebeu alta. Sexta-feira (13) passou mal e foi levado ao hospital de Brejo onde morreu.

Quase 10 horas depois, ainda neste domingo, morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro Valdino Lucas Pinheiro, que completaria 22 anos no próximo sábado. Ele morava na Avenida Vicente Alves no centro de Barro e foi socorrido ao HRC após acidente. Na noite da última sexta-feira (13), o mesmo pilotava uma moto pela Avenida Deputado Januário Feitosa, no centro da cidade, quando se envolveu no acidente e morreu dois dias após.

Já aos 30 minutos da madrugada desta segunda-feira Antonio Rogério Moura Alves, de 26 anos, que residia na Vila Campos em Potengi, e seu enteado “Vitor” foram mortos a facadas. Eles tinham participado de festa no Bar da Dona Mimoça na estrada do Brejo que fica na saída de Potengi. Após ser lesionado, Rogério ainda correu alguns metros e tombou sem vida, enquanto o corpo de “Vitor” só foi encontrado esta manhã. A polícia prendeu um suspeito apelidado por “Nanã” que apontou o irmão “Tôca” como autor do golpe o qual está foragido a exemplo de outro acusado identificado apenas por “Junior”.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você já tentou subornar guardas de trânsito durante blitz?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor