Segunda-feira
19 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Título em 2015

Apesar de "Escola Nota 10", professores de Altaneira matriculam filhos em colégio particular

Colégio Joaquim Rufino recebeu selo de Escola Nota 10 em 2015 (Foto: Secretaria de Educação)
Em 07/02/2018 às 09:00

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
 

Avaliada com o selo de Escola Nota 10 em 2015, o município de Altaneira, no Cariri, vive hoje uma realidade onde alguns professores da Rede Pública de Ensino e um vereador preferem matricular os filhos em colégio particular na cidade vizinha, Nova Olinda.

O caso gerou repercussão no início deste mês e na última sexta-feira (2), foi amplamente discutido em uma rede social, com comentários de ex-secretários, vereadores e pessoas que fazem parte da gestão atual no município.

TESTE QUESTIONADO

O vereador e também professor Adeilton (PSD), em conversa com o Miséria, afirmou que, mesmo tendo o município conseguindo boa avaliação na Educação recentemente, também preferiu matricular seu filho em uma escola particular em Nova Olinda.

"Sempre questionei a validade deste selo no município. Como professor, via que os alunos passavam de ano mas mantinham sérias dificuldades de aprendizado no ensino público de Altaneira", diz o parlamentar.

Ele relatou também que há suspeitas de que professores tenham "ajudado" os estudantes durante a aplicação dos testes, atitude que tornaria inválido o resultado da avaliação, diz. Ainda de acordo com Adeilton, seis professores decidiram matricular os filhos no município vizinho. Uma van fretada pelo grupo faz o transporte diários dos estudantes.

O Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece) é uma avaliação externa em larga escala que avalia as competências e habilidades dos alunos do ensino fundamental e do ensino médio, em língua portuguesa e matemática.

Em Altaneira, estudam 1.560 alunos distribuídos em 6 escolas, de acordo com informações da secretaria. O colégio premiado com o selo em 2016 (em referência a 2015) é o Emef Joaquin Rufino.

OUTRO LADO

Em entrevista ao Site Miséria na tarde desta terça-feira (6), a Secretária de Educação de Altaneira, professora Leocádia Rodrigues, confirmou que seis alunos foram transferidos para colégio particular este ano.

A secretária relata que os pais justificam a mudança alegando um "projeto pessoal, um planejamento que já havia sido feito em família". E completou afirmando que " pretende trabalhar para que receba e atenda da melhor forma possível os anseios da população".

Os detalhes da repercussão do cano nas redes sociais podem ser lidos neste link.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira