Política
Três mulheres votaram contra
Vereadores de Juazeiro derrubam requerimento sobre estudo da Lei Maria da Penha nas escolas
O parlamentar explicou a motivação do requerimento dizendo que a Câmara tinha aprovado a lei visando a implantação de noções básicas da lei Maria da Penha na rede municipal de ensino para educar as crianças contra a prática de feminicídio.
Por:
Repórter João Boaventura Neto
Em 13/03/2019 às 00:15

Galerias da Câmara de Juazeiro estavam lotadas para acompanhar a sessão dessa terça, 12 (Foto: Segundo Filmagens)

Compartilhar

Por 10 votos a cinco e uma abstenção, o requerimento do vereador Zé Barreto (PPS) foi derrubado na Câmara de Juazeiro do Norte. Assista ao vídeo com a votação dos vereadores no final da matéria.

Barreto fez requerimento na sessão dessa terça-feira (12) solicitando ao Ministério Público fiscalização sobre o descumprimento, segundo ele, de uma lei municipal que tem a finalidade de aplicar estudos sobre a Lei da Maria da Penha nas escolas do município.

O parlamentar explicou a motivação do requerimento dizendo que a Câmara tinha aprovado a lei visando a implantação de noções básicas da lei Maria da Penha na rede municipal de ensino para educar as crianças contra a prática de feminicídio.

O líder do prefeito na Casa Legislativa, vereador Adauto Araújo (PSC) pediu destaque do requerimento e mais nove parlamentares acompanharam o pedido. Aninha Teles (PDT), Auricélia Bezerra (PDT), Rosane Macedo (PPS), Vieira Neto (PATRI), Nivaldo Cabral (DEM), Preto Macedo (MDB), Beto Primo (PPS), Leroso (PSD) e Claudionor Mota (PMN).

Votaram favorável ao encaminhamento do requerimento, Jaqueline Gouveia (PRB), Rita Monteiro (PDT), Tarso Magno (PRTB), Valmir Domingos (PPS) e o autor Zé Barreto. Demontier Agra (PPL) se absteve.

Assista

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Eleições 2020: Você acha que os pré-candidatos são muito antecipados em anunciar uma pré-candidatura ainda em 2019?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor