Terça-feira
18 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 18 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Cultura Popular

II Encontro de Saberes reúne grupos de tradição e expõe ações no Cariri

Em 02/08/2016 às 07:20
Compartilhar
II Encontro de Saberes reúne grupos de tradição e expõe ações no Cariri. (Foto: Elizângela Santos)

A cultura popular ocupa às ruas de Juazeiro do Norte, com alma renovada, por meio do trabalho desenvolvido pelo projeto Territórios Criativos – Cariri, que neste final de semana, realizou a culminância dos trabalhos, com o 2º Encontro de Saberes, realizado na Praça do Socorro, em Juazeiro do Norte. O abraço do saber popular com o acadêmico, ganhou espaço nos últimos meses, com o desenvolvimento do projeto, que incorporou ações ligadas aos grupos de tradição, ao Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, em Crato, além da Lira Nordestina e Centro de Cultura Popular Mestre Noza, em Juazeiro. O evento foi encerado neste domingo, 31, com o relato das ações.

As políticas e salvaguarda dos mestres e grupos de tradição foram debatidas por integrantes dos grupos, a exemplo do Mestre Domingos dos Santos Rocha, músico da Banda Cabaçal Padre Cícero, o coordenador geral do Projeto Prospecção e Capacitação em Territórios Criativos, Leonardo Guelman, Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), e o Professor Ivânio Azevedo, do Departamento de Música da Universidade Federal do Cariri (UFCA), além do coordenação local do projeto, Professor Renato Dantas.

O encontro foi uma amostra do que foi realizado pelo projeto, em que equipamentos de cultura e grupos de tradição foram focos de ações, que possibilitam maior visibilidade e potencialização das suas qualidades. O evento reafirma a importância das ações de construção de conhecimento colaborativo que devem se desdobar ao Projeto Prospecção e Capacitação em Territórios Criativos.

Cortejo da tradição, com a bênção das vestimentas

Um cortejo de alegria. Vestidos de reis e rainhas, de novas vestes, grupos se renovaram nas ruas para vivenciar um momento que consideram histórico para os brincantes. Após as bênçãos das vestimentas de integrantes de três reisados e três bandas cabaçais, pelo padre Vileci Vidal, na Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro Norte, começa o grande momento de sair às ruas com as novas vestes e os seus adereços, confeccionados nas próprias comunidades, com a participação dos integrantes dos grupos. Todos percorreram ruas do Centro até o Largo do Socorro, onde foi aberto o II Encontro de Saberes.

Segundo o coordenador geral do projeto, Leonardo Guelman, “estamos aprendendo com os mestres e esses saberes têm de ser compartilhados. A tradição é viva e não é do passado. As crianças estão atualizando”.

Na abertura do encontro, foi realizada apresentação de peça teatral, formada por moradores do Assentamento 10 de Abril, em Crato. Guelman destacou a importância da vestimenta, o que, conforme ele, diferencia e caracteriza um grupo. Ele disse que o critério utilizado para beneficiar os integrantes foi a necessidade, mesmo sabendo que todos precisam.

O professor da UFCA, Ivânio Azevedo, ressaltou a importância da aproximação dos grupos, da universidade, e a relevância do projeto, nesse sentido. Os mestres e mestras da cultura popular foram representados durante a abertura. Além de destacar a importância do projeto em reavivar os trabalhos e resgatar a autoestima dos brincantes e mestres, os integrantes de reisados e bandas cabaçais falaram da necessidade de não deixar a tradição morrer e que, cada vez mais, os jovens devem buscar o conhecimento com os mais antigos, para manter vivo o saber.

O mestre Domingos, da Banda Cabaçal Padre Cícero, cita um exemplo dessa realidade, ao dizer que atualmente os reisados estão fugindo da tradição, e isso deve ser resgatado. Ele aconselhou os mais jovens a não deixarem a cultura morrer. “Vão nas casas de quem conhece. Eu estou à disposição para passar dicas importantes que aprendi”, diz ele, ao ressaltar o papel de importantes personagens do reisado, como o Mateu.

Fonte: Diário do Nordeste, com Diário do Cariri

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira