Domingo
19 de Novembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Domingo, 19 de Novembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Diz estudo
Produtos de limpeza podem aumentar risco de doença pulmonar
Inalar as substâncias químicas aumenta em um terço o risco de desenvolver uma doença pulmonar potencialmente fatal (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)
Em 12/09/2017 às 20:00

Estudo liderado pela Dra. Orianne Dumas, do Instituto Nacional Francês de Saúde e Pesquisa Médica (INSERM, a organização pública francesa exclusivamente dedicada à pesquisa biológica, médica e de saúde pública) alerta que inalar com frequência as substâncias químicas dos produtos de limpeza aumenta o risco de desenvolver doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) em cerca de um terço (32%). O estudo analisou os enfermeiros que desinfetam instrumentos e alas com frequência.

A DPOC é um grupo de doenças pulmonares que provocam dificuldades em respirar e que inclui enfisema ou bronquite crônica. Esta condição pode levar à morte.

Observou a exposição a desinfetantes específicos, como o glutaraldeído (um desinfetante forte usado para instrumentos médicos), lixívia, peróxido de hidrogênio, álcool e compostos de amônia quaternária (geralmente utilizados para a desinfecção de superfícies baixas, como pisos e móveis).

Como reporta o Daily Mail, o estudo descobriu que todos estes químico “foram associados a um risco aumentado de DPOC entre 24 a 32%”.

A Dr. Dumas comentou: "Descobrimos que os enfermeiros que usam desinfetantes para limpar superfícies regularmente - pelo menos uma vez por semana - tiveram 22% mais risco de desenvolver DPOC. Para este estudo os pesquisadores seguiram 55 mil enfermeiros durante oito anos, período durante o qual 663 foram diagnosticados com DPOC.

NoticiasaoMinuto

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira