Quarta-feira
13 de Dezembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
Publicidade
Publicidade
Mato Grosso
Jovem considerada desaparecida é localizada na Síria, diz Itamaraty
Juliana Cruz viajou para a Síria em novembro durante as férias (Foto: Reprodução/Facebook)
Em 06/12/2017 às 15:35

Considerada desaparecida após viagem de férias para a Síria, a jovem Juliana Cruz, de 24 anos, foi localizada naquele país, segundo o Itamaraty. Ela foi levada nesta terça-feira (5) para a Embaixada do Brasil, que fica em Damasco, e está sob os cuidados das autoridades internacionais. A investigação sobre o caso segue em sigilo, segundo a Polícia Federal.

A família de Juliana havia procurado a PF na semana passada para registrar um boletim de ocorrência de desaparecimento depois que a jovem não retornou para casa, como prometido, e nem manteve contato com os familiares.

De acordo com o Itamaraty, Juliana foi localizada sem sinais de maus-tratos. O órgão, no entanto, não forneceu detalhes sobre a localização da jovem.

Desaparecimento

No dia 14 de novembro, Juliana publicou no Facebook uma postagem dizendo que estava no Aeroporto de Guarulhos, a caminho de Istambul.

Ela é servidora da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Em nota, a instituição informou que o computador usado pela funcionária foi entregue para ajudar nas investigações.

Segundo os colegas de trabalho, Juliana contou que, durante as férias, viajaria para a Inglaterra e lá encontraria uma tia. Depois de um tempo, no entanto, disse aos colegas que tinha mudados os planos e que viajaria para a Síria.

“Nós [colegas] a alertamos para que ela mudasse de ideia por causa da situação do país e do risco. Descobrimos depois que ela, na verdade, tinha ido direto para a Síria e sozinha”, contou  Débora Simone Rocha Faria, colega de trabalho de Juliana.

Fonte: G1

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira