Sexta-feira
20 de Abril de 2018
Publicidade
Publicidade
Sexta-feira, 20 de Abril de 2018
Publicidade
Publicidade
34 kg e R$ 21 mil reais

Filho de vereador de Moreilândia é preso com drogas e dinheiro falso

Por João Boaventura Neto
Em 13/12/2017 às 11:05
Compartilhar
Joseph Thomas de Souza foi preso nessa terça-feira (12) em Moreilândia (Foto: Reprodução)

Na tarde dessa terça-feira (12), foi preso Joseph Thomas de Souza, 28 anos, durante uma blitz policial na rodovia PE-507, no município de Moreilândia-Pernambuco, distante 110 quilômetros do eixo CraJuBar. O acusado estava com 38 tabletes de maconha e mais de R$ 21 mil reais em cédulas falsas.

Segundo a Polícia Militar, a ação se deu durante a operação Blitz Bloqueio, quando a polícia de Moreilândia recebeu denúncias que um veículo tipo VAN de placas ATE 2419 (transporte alternativo) estava conduzindo um passageiro suspeito de tráfico drogas. De imediato foi realizado deslocamento pela PE-507 conseguindo interceptar o veículo denunciado.

Durante a abordagem, em diversas bolsas e caixas do passageiro, foram localizados 38 tabletes de maconha prensada pronta para o consumo, pesando 34,819 kg, além da quantia de R$ 21 mil e 300 reais em notas falsas.

O material pertencia ao passageiro identificado como Joseph Thomas de Souza. Ele confessou que estava chegando de Pirituba, interior de São Paulo, com a droga e as cédulas falsas para abastecer o comércio ilegal durante os festejos de aniversário do Rei do Baião, na cidade de Exu.

Droga e dinheiro falso apreendido pela polícia no município de Moreilândia (Foto: Reprodução)


Joseph já é conhecido pela polícia no Estado do Ceará. Ele é filho do vereador de Moreilândia, Francisco Batista de Sousa (PSDB), conhecido como Cavaquinho. Em 2016 ele foi preso em Assaré com R$ 1 mil e 500 reais em cédulas falsas.

Investigado por conta do dinheiro falso em Araripe, Joseph tem registro na Delegacia de Polícia de Moreilândia referente a investigação por associação criminosa. Todo o material foi apreendido juntamente com o suspeito e foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro, para a devida autuação em flagrante.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira