Brasil
Itanhaém
Jovem tem 80% do corpo queimado após incêndio; namorado é suspeito
Em 05/09/2018 às 07:45

A motivação seria por causa de uma tatuagem que Bruna tem no peito com o nome do ex-companheiro (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Compartilhar

Bruna Jenifer Cirilo, de 21 anos, teve 80% do corpo queimado em um suposto incêndio na casa onde morava, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O namorado da jovem, de 26 anos, é o suspeito de cometer o crime. A motivação seria por causa de uma tatuagem que Bruna tem no peito com o nome do ex-companheiro. A Polícia Civil investiga o caso e o envolvimento do rapaz.

Logo após o incidente, ela foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Santos, onde está internada em estado grave. De acordo com o G1, a vítima perdeu um dos seios e corre o risco de ter um braço amputado. Vizinhos contaram à polícia que não relataram brigas do casal, o que vai de encontro à versão dita pela mãe de Bruna.

A dona de casa Roseli Cirilo, de 59 anos, disse que a filha e o genro discutiam frequentemente. "Eu queria entender como a minha filha passou por isso. Ela tinha gênio forte, peitava as pessoas, não levava desaforo. Sou mãe, e quero justiça pelo que aconteceu. Isso não se justifica. As queimaduras estão bem onde tinha a tatuagem. Não foi acidente", desabafou.

Suspeito nega crime

No dia do suposto acidente, o namorado da vítima disse que ela tentou acender um cigarro perto de um galão de gasolina, momento em que o incêndio começou. "Ele nos disse que a gasolina, que teria causado a explosão, seria para abastecer uma moto que ele guardava na casa. Porém, foi constatado que o veículo não possuía a menor possibilidade de funcionar", explicou o delegado Jaime Marcelo da Fonte.

NoticiasaoMinuto

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Qual tipo de notícia regional você quer acompanhar com mais frequência no Site Miséria?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor