Política
Improbidade administrativa
MP processa Alckmin e pede suspensão de direitos políticos
Em 05/09/2018 às 12:45

(Foto: Reprodução/ Terra)

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Compartilhar

O Ministério Público de São Paulo apresentou uma ação de improbidade administrativa contra o ex-governador do Estado e candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, e pediu a suspensão dos direitos políticos do tucano, de acordo com o site especializado em notícias jurídicas "Jota".

Procurado, o Ministério Público não confirmou a informação. Mais cedo, o MP-SP convocou uma entrevista coletiva para a tarde desta quarta-feira para comentar o inquérito civil que investiga Alckmin por suspeita de atos de improbidade administrativa.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
De acordo com o MP, "será a primeira e última vez" que o promotor de Justiça Ricardo Manuel Castro vai se manifestar sobre o caso, que está sob sigilo e se refere às campanhas de 2010 e 2014 de Alckmin ao governo do Estado de São Paulo.

O Jota publicou na íntegra a ação impetrada pelo MP-SP.
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Alckmin é investigado por suspeita de improbidade administrativa no caso em que delatores ligados à Odebrecht apontaram o tucano como beneficiário de 10 milhões de reais em caixa dois eleitoral.

À época da abertura do inquérito, em abril, a assessoria de imprensa de Alckmin disse que o tucano via a decisão do MP paulista com tranquilidade "por ter total consciência da correção de seus atos" e que estava à disposição para esclarecimentos.

Procurada nesta quarta-feira, a assessoria de Alckmin não respondeu de imediato.

Terra

Publicidade
Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você se sente seguro em sala de aula?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor