Polícia
Violência
Mulher é espancada e encontrada morta numa carroça em Fortaleza
Compartilhar

Moradores e Polícia deram versões conflitantes sobre o caso (Foto: Reprodução)

Em 17/11/2018 às 16:45
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma mulher de 34 anos foi encontrada morta sobre uma carroça nas proximidades da comunidade do Gueto, na Barra do Ceará, em Fortaleza, na manhã deste sábado (17). Moradores e Polícia deram versões conflitantes sobre o caso. A comunidade denuncia que a vítima foi torturada por PMs e encontrada agonizando em um galpão abandonado. Já o Comando de Policiamento da Capital (CPC) informa que a mulher foi vítima de espancamento na comunidade.

Nas duas versões, o corpo da vítima foi transportado em uma carroça para fora da área do Gueto, onde Sandra Soares Bezerra morava. Ela não tinha familiares em Fortaleza, segundo informaram os vizinhos.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE


A reportagem foi até o local e, ao chegar, encontrou a Polícia, mas os agentes não quiseram falar com a imprensa. Em tom de revolta, moradores disseram ter ouvido a mulher sendo torturada em um galpão do local. Segundo eles, “prática comum” da polícia na região. “No entanto, dessa vez, a vítima não resistiu”, afirmou uma moradora.

O CPC informou que Sandra Bezerra sofreu espancamento de criminosos dentro do Gueto, e que os homens teriam obrigado um carroceiro a transportar o cadáver para fora da comunidade.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE


Por meio de nota, a Secretaria de Segurança do Ceará informou apenas que a vítima foi encontrada em cima de uma carroça com uma lesão aparente no braço esquerdo. O caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Diário do Nordeste


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acredita que a chuva no dia de São José é certeza de bom inverno?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor