Esporte
Não deu na estréia
Guarani de Juazeiro estreou com derrota para o Floresta no Campeonato Cearense
Compartilhar

Jogo foi disputado num estádio com as arquibancadas praticamente vazias (Foto: Anderson Luis/Vale FM)

Por Demontier Tenório
Em 09/01/2019 às 18:20
Publicidade

Perante um estádio Domingão praticamente vazio o Guarani estreou no Campeonato Cearense perdendo para o Floresta, em Fortaleza, por 1 a 0 com gol do atacante Paulo Vyctor no início do segundo tempo. O time da capital ainda desperdiçou um pênalti no primeiro tempo marcado pela ausência de lances emocionantes. Tanto que, ainda aos 41 minutos, o técnico do Floresta, Paulinho Kobayashi, tirou o meia esquerda Wallace e colocou em campo Renê para melhorar a produção ofensiva.

Deu certo e, seis minutos depois, o lateral esquerdo do Floresta Zé Carlos foi derrubado na área pelo volante Isau e o árbitro César Magalhães viu pênalti. A cobrança de Iago Barbosa foi defendida por Glailson salvando o time rubronegro da derrota na fase inicial. Para o segundo tempo o Floresta voltou com o conhecido atacante Magno Alves no lugar de Bryan, enquanto o representante juazeirense trouxe Jô no posto do atacante Raphinha o qual pouco produziu enquanto esteve em campo.

Publicidade


As mudanças surtiram efeitos para os lados do time da capital, pois, logo aos três minutos, o atacante Paulo Vyctor aproveitou um cruzamento do lateral direito Levy, se livrou da marcação e colocou a bola para o fundo do gol fazendo 1x0 para o Floresta. Entretanto, aos 10 minutos, o zagueiro Raniere fez falta no atacante Paulista do Guarani e, como já tinha recebido o amarelo, foi expulso de campo pelo árbitro. Com isso, o técnico Paulinho tirou o atacante Tavares e colocou Regineudo para recompor a zaga.

Melhor para o Guarani que cresceu em campo, passando a pressionar os adversários na busca do gol de empate. Aos 17 minutos a bola bateu no braço de Zé Carlos na pequena área num penalti claro em prol do Guarani que o árbitro fez vistas grossas. Já aos 28 o atacante Jô tentou tirar do alcance do goleiro do Floresta, mas Carlão fez uma grande defesa o que voltou a se repetir dois minutos depois noutra tentativa do “Leão do Mercado”.

Publicidade


Aos 30 minutos o técnico Severo tornou o Guarani ainda mais ofensivo ao retirar o lateral Braz e colocar o atacante Arame em seu posto. Aos 41 foi a vez de tirar o outro lateral e colocar o atacante Weslley para imprimir um ritmo mais veloz, porém não tinha mais tempo para nada. A renda somou R$ 589,00 para 119 pagantes. Com o resultado, o Floresta passou a dividir a liderança com Barbalha e Atlético cada um com 3 pontos.

Complementando a rodada Guarany e Ferrovário atuarão às 21h30min, ainda desta quarta-feira, no estádio do Junco em Sobral. Já o próximo jogo do Guarani de Juazeiro será às 16 horas de domingo (13), no Romeirão, contra o Ferroviário que foi derrotado por 3 a 2 pelo Atlético ao estrear no último sábado nas disputas do campeonato estadual.

ESCALAÇÕES

FLORESTA: 

Carlão; Levy, Raniere (expulso), Cláudio Caça-Rato e Zé Carlos; Marconi, Bryan (Magno Alves), Iago Barbosa e Wallace (Renê); Paulo Vyctor e Tavares (Regineudo)

Técnico – Paulinho Kobayashi


GUARANI:

Glailson; Braz (Arame), Samuel, Foguinho e Edson (Weslley); Peter, Isau, Da Silva e Paulista; Tiago e Raphinha (Jô)

Técnico – João Severo


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acredita no bom desempenho do Guarani e do Barbalha no Campeonato Cearense Série A?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor