Cariri
Juazeiro do Norte
Estudantes de Medicina temem superlotação e protestam por melhores estruturas em faculdade
Compartilhar

Estudantes de Medicina temem superlotação e protestam por melhores estruturas em faculdade (Foto: Redes Sociais)

Por Alana Soares/Agência Miséria
Em 12/02/2019 às 13:40
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estudantes de uma faculdade de Medicina em Juazeiro do Norte realizaram nesta segunda-feira, 11, uma manifestação na sede da instituição exigindo melhorias na estrutura do ensino diante da chegada de 100 novos alunos no curso. Uma reunião entre direção e manifestantes ocorreu no mesmo dia.

Vestidos de preto, com apitos, cartazes e palavras de ordem de "não vai ter aula", os estudantes chamaram atenção dos demais colegas, corpo docente e administração para o contraste de oferta e demanda.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Segundo uma aluna, estariam comprometidas a qualidade do ensino, a infraestrutura da biblioteca, salas de aula, laboratórios, cantina e estacionamento, que já não comportaria a demanda.

Em nota, A FMJ - Estácio disse entender como " saudável e democrático este tipo de movimento, desde que seja organizado de uma forma pacífica e respeitosa" e diz estar avaliando todos os pontos reivindicados.

Diz ainda que “A direção recebeu uma comissão de alunos na tarde de segunda-feira (11) e continuará mantendo o diálogo, sempre com o objetivo de proporcionar as melhores condições de ensino e atendimento. Com mais de 20 anos de tradição, o Curso de Medicina da Estácio possui um projeto pedagógico alinhado com as mais modernas metodologias em educação médica no mundo, como o ensino baseado em simulação realística, além de um elevado número de egressos aprovados em programas de Residência Médica e inseridos em unidades de Saúde de referência”


Publicidade
Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você possui plano de saúde?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor