Segunda-feira
19 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Novo canal

Após visita de assessores, sinal da TV Senado deverá ser instalado em breve em Juazeiro

Assessores da Secretaria de Comunicação Social do Senado Federal (Foto: Guto Vital/Agência Miseria)
Em 01/02/2018 às 16:10

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
 

Uma visita técnica dos Assessores da Secretaria de Comunicação Social da TV Senado em Juazeiro do Norte nesta quinta-feira (1), poderá ser o primeiro passo para implantação do sinal do canal estatal no município.

O assessor de Imprensa Luís Carlos Fonteles afirmou que a visita é o primeiro passo para viabilizar a implantação do canal em Juazeiro. Há, segundo ele, uma série de etapas que precisam ser cumpridas até o sinal seja liberado.

"Nós temos muito interesse que a TV Senado possa chegar em uma região tão abrangente como esta. Após a implantação, a população poderá conhecer mais de perto o trabalho dos Senadores em Brasília", disse o assessor.

Ainda segundo Luís, o Presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, mantém o interesse em fazer com que o equipamento seja instalado na região. A iniciativa contou também com o pleito do ex-vereador Normando Sóracles, um dos responsáveis por reivindicar abertura da concessão.

Para que a estadia da TV seja efetivada, é preciso uma parceria com a prefeitura, por exemplo, que poderá ceder um local para armazenamento dos equipamentos e torre, enquanto o Senado Federal entra com os equipamentos básicos da transmissão. O prefeito de Juazeiro do Norte Arnon Bezerra, segundo os assessores, tem interesse em efetivar a parceria.

Apesar das diversas etapas os diretores têm a perspectiva de liberar o sinal da TV Senado para Juazeiro do Norte ainda este ano.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira