Cariri
Setembro Amarelo
Município de Aurora realiza mobilização de prevenção contra o suicídio
Em 12/09/2018 às 11:15

Município de Aurora realiza mobilização de prevenção contra o suicídio (Foto: Luiz Neto)

Compartilhar

Aderindo ao Movimento Mundial do Setembro Amarelo, mês considerado de Prevenção Contra o Suicídio a Secretaria Municipal de Saúde de Aurora em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) realizou na manhã de hoje (Terça-feira, 11/Set) uma importante mobilização de conscientização.

O evento contou também com o apoio de representantes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Conselho Tutelar, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), dentre outros segmentos representativos da gestão municipal do prefeito Júnior Macedo.

A concentração inicial ocorreu na Praça da Matriz, que sob o tom da Banda de Música Municipal Senhor Menino Deus percorreram algumas ruas da cidade, tendo como itinerário final a Casa da Cultura Moacir Soares Pinto – Centro Cultural Aldemir Martins (ao lado da Igreja Matriz). A caminhada reuniu além dos profissionais da área da saúde, alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Leopoldina Gonçalves Quezado, educadores, sociedade civil, assim como a população de modo em geral.

Neste espaço cultural, a organização do certame desenvolveu ações focadas para a prevenção ao suicídio, como por exemplo, fala das autoridades, palestra com a médica Kassandra Lins, apresentação do Grupo de Dança do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), seguido de apresentação poética, finalizando lanche para todos os participantes.

A Secretária Municipal de Saúde, Monalisa Holanda falou que o suicídio vem sendo uma das causas mais freqüentes de morte, mas que muito bom quando o paciente tem com quem contar, e que cada um de vocês participantes deste momento possa conversar com seus familiares no sentido de prevenir o problema. Monalisa também elogiou veementemente o trabalho desenvolvido pelo CAPS. Também fizeram o uso da palavra a Secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Gardênia Gonçalves, assim como a Coordenadora do CAPS, Allana Kisley.

A palestrante Drª Kassandra fez um verdadeiro raio X do problema debatido, inclusive alguns dados estatísticos divulgado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), visto que o suicídio é considerado um problema de saúde pública e mata 1 brasileiro a cada 45 minutos e 1 pessoa a cada 45 segundos em todo o mundo. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Pelo menos o triplo de pessoas tentaram tirar a própria vida e outras chegaram a pensar em suicídio. Apesar de números tão alarmantes, o assunto ainda é tratado como tabu. Evita-se o assunto, o que só colabora para seu aumento dos casos, pois as pessoas muitas vezes não sabem que podem procurar ajuda.

Kassandra informou que o Estado do Ceará é o 5º colocado do país em casos de suicídio, mas que 90% dos casos podem ser evitados desde que o problema seja trabalhado.

Assessoria de Comunicação

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Qual tipo de notícia regional você quer acompanhar com mais frequência no Site Miséria?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor