Polícia
Em Fortaleza
Adolescente morto em confronto entre facções foi vítima de bala perdida
Compartilhar

Daniel da Silva frequentava duas escolinhas de futebol. Uma delas era no bairro Cidade 2000 (Foto: Reprodução)

Em 07/12/2018 às 11:45
Publicidade

Confronto entre membros de facções rivais deixou dois mortos e três feridos no bairro Manoel Dias Branco na tarde de quinta-feira (06). Entre as vítimas fatais está Daniel Matos da Silva, de 14 anos, o garoto tinha ido comprar água com a mãe quando foi surpreendido pelo tiroteio.

De acordo com o comandante de Policiamento da Capital (CPC), major Rômulo Cavalcante, ação teve início quando membros da facção Comando Vermelho (CV) chegaram armados à Rua Vitória da Conquista, com o objetivo de matar os rivais, que revidaram. 

Publicidade


Daniel da Silva tinha ido comprar água com a mãe, Suzimeire da Silva, quando chegaram próximo de casa, os dois se separaram. A mulher entrou, enquanto o garoto permaneceu na rua conversando com um amigo. 

Quando ouviu os tiros, a primeira reação de Suzimeire foi correr para a rua, "preciso ver se não foi com o meu menino" disse para a filha antes de encontrar o corpo de Daniel estendido no chão próximo de casa. 

Publicidade


Sonho adiado

Daniel da Silva frequentava duas escolinhas de futebol. Uma delas era no bairro Cidade 2000. O sonho do garoto era ser jogador de futebol. 

"Daniel era um bom menino, estudioso e dedicado nos esportes", contou a mãe para reportagem. Suzimeire afirmou que o garoto não tinha envolvimento com crime, estava apenas no lugar errado.

Outros familiares do garoto, afirmaram que ele tinha uma relação muito forte com a mãe,eles iam juntos para os treinos de futebol.

Fonte: Diário do Nordeste


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acha que deve haver leis mais duras para quem agride animais no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor